Revista da Papelaria

Início » Notícias / Mercado » Conheça norma que avalia a qualidade das canetas

08/08/2012

   

Conheça norma que avalia a qualidade das canetas

O projeto da norma da ABNT para avaliação de canetas deve ser publicado no próximo mês e está disponível para consulta pública até 9 de agosto. Profissionais do ramo e consumidores têm até amanhã para sugerir alterações no documento

Está prevista para setembro a publicação de uma norma da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que vai estabelecer testes para determinar a performance de canetas esferográfica, roller e gel. Os métodos de ensaio vão revelar a metragem da escrita do produto e avaliar a sua qualidade. “A cada100 metros de escrita, será feita uma análise para detectar a quantidade de defeitos ou de borrões existentes nesse determinado espaço”, explica o coordenador da norma, Marcos Romero.
O projeto Caneta esferográfica, gel e roller - Comprimento de escrita - Método de ensaio, que originou a norma, está disponível (aqui) para consulta pública nacional até amanhã, 9 de agosto. “Durante esse período, profissionais do ramo, e também os consumidores, têm acesso ao documento. Eles podem apontar mudanças e fazer objeções que julguem necessárias”, comenta.
Após publicação, a norma passa a valer em caráter voluntário, mas, como adianta Romero, é possível que ela torne-se obrigatória. “O Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial) pretende criar uma comissão responsável pela elaboração de um documento que determine a sua compulsoriedade”, revela.
Romero explica que este método de ensaio não tem relação com a Norma 15236 da ABNT. Esta regula a qualidade das canetas esferográficas, roller e gel nos quesitos de segurança, já que esses itens fazem parte da lista de materiais escolares que devem passar por certificação compulsória, de acordo com a Portaria nº 481. A ABNT 15236 está relacionada à segurança do material, sendo avaliados pontos como toxicidade e existência de ponta aguda, por exemplo. Agora, estamos falando de questões relacionadas à performance da caneta, à qualidade do produto”, esclarece.

 

< Anterior | Próxima >