Revista da Papelaria

Início » Notícias / Mercado » Manual do bom uso da mochila

29/08/2012

   

Manual do bom uso da mochila

Fabricante cria lista de regras para ensinar o melhor modo de utilizar esses produtos e evitar problemas de saúde para as crianças e adolescente

Além de buscar agradar o público infantil e infanto-juvenil com produtos estilosos e de qualidade, a Holly também se preocupa com a saúde e o bem estar de seus clientes. A fabricante afirma que, além de colocar o item no mercado, é responsabilidade da empresa auxiliar toda a cadeia de distribuição, incluindo o uso de suas mochilas pelos jovens.
Ciente de que a utilização incorreta desse produto pode provocar dores e problemas na coluna, a companhia desenvolveu, em parceria com a educadora Thaís Helena, da escola Veleiro Azul, um pequeno manual que busca facilitar e ensinar o modo correto de usar as mochilas no dia a dia.


- O peso da mochila não deve ultrapassar 10% do peso da criança ou adolescente.


- As mães devem sempre conferir o que os filhos levam na mochila, e se achar coerente tire o que for desnecessário. Na educação infantil, por exemplo, o ideal é apenas uma troca de roupa extra e um agasalho. Para os maiores tem que levar realmente só o material do dia.


- Sempre olhe se a criança está carregando a mochila nos dois ombros. E a mesma nunca deve estar na altura do bumbum, o correto é a 5cm da linha da cintura da criança, se isso não ocorrer, regule as alças.  E para os menores, e interessante uma mochila com carrinho, mas lembrando ela também tem que ter 10% do peso da criança.


- A mochila de um ombro só é indicada apenas quando se for levar algo muito pequeno, nunca ir à escola, sim a academia, aula de idioma ou kumon.


- A mochila tem que estar totalmente ajustada na coluna da criança. Evitando a inclinação para frente ou para trás.

 

< Anterior | Próxima >