Revista da Papelaria

Início » Notícias / Mercado » Financial Times e a indústria gráfica brasileira

03/10/2012

   

Financial Times e a indústria gráfica brasileira

Impressão e distribuição do jornal britânico no Brasil mostra o potencial do setor, de acordo com a Abigraf Nacional

A partir de hoje, o jornal britânico Financial Times passa a circular nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. De olho no contínuo crescimento econômico do Brasil, o jornal pretende atingir empresários que atuam globalmente, a exemplo do que já acontece nos Estados Unidos, na Europa, na Ásia e no Oriente Médio.
Para Fabio Arruda Mortara, presidente da Associação Brasileira da Indústria Gráfica (Abigraf Nacional), a escolha do Brasil para capitanear as operações do Financial Times na América Latina evidencia o potencial da indústria gráfica brasileira. "Nós últimos 5 anos, o investimento do setor gráfico em máquinas e equipamentos foi de, aproximadamente, US$ 7,5 bilhões. Temos um parque gráfico sofisticadíssimo, que permite operações complexas, como a impressão de pequenas tiragens de um jornal estrangeiro do porte do Financial Times", comenta. O jornal será impresso em uma gráfica paulista por meio de um novo sistema digital desenvolvido pela HP.

 

< Anterior | Próxima >