Revista da Papelaria

Início » Notícias / Tecnologia » O 10° maior mercado de tablets do mundo

21/12/2012

   

O 10° maior mercado de tablets do mundo

Segundo pesquisa do IDC Brasil, o país vendeu 769 mil aparelhos entre os meses de julho e setembro deste ano

O aumento na preferência do brasileiro pelos tablets garantiu ao país a 10ª posição no ranking mundial de vendas de novos aparelhos. Os dados são do instituto IDC Brasil, que também revelou que no terceiro trimestre de 2012 foram comercializadas 769 mil unidades do dispositivo. A expectativa é de que até o fim do ano sejam vendidos 2,9 milhões de tablets.
No segundo trimestre do ano passado, o Brasil ocupava a 12ª posição no ranking mundial, porém em 2012 o país apresentou um crescimento 127% nas vendas dos aparelhos, o que garantiu a evolução na lista dos maiores mercados do mundo. Ainda segundo o instituto, a tendência para o próximo ano é que esse índice cresça ainda mais e que, em 2013, o número de aparelhos vendidos deva chegar a 5,4 milhões de unidades.
Do total de dispositivo comercializados durante o terceiro trimestre desse ano, 46% possuem um preço inferior a R$500 e 80% trazem o sistema operacional Android. De acordo com Attila Belavary, analista de mercado da IDC Brasil, o brasileiro ainda está se acostumando com a nova tecnologia. “A maioria dos consumidores brasileiros ainda está estudando quais tipos de tablets atendem às suas necessidades, oferecem uma boa experiência de uso e, principalmente, que se encaixam no seu poder aquisitivo. Poucas pessoas estão dispostas a gastar muito na hora da compra. Há muitos fabricantes investindo na venda de tablets com funcionalidades inferiores, focando nesse novo consumidor que geralmente é pouco exigente em relação à especificação técnica do produto.” explica.

 

< Anterior | Próxima >