Revista da Papelaria

Início » Notícias / Varejo » Varejo cresce 6,4% em 2012

08/01/2013

   

Varejo cresce 6,4% em 2012

Esse é o menor ritmo de expansão registrado nos últimos três anos

De acordo com o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio, o movimento dos consumidores nas lojas em todo o país avançou 2,8% em dezembro de 2012 contra o mês imediatamente anterior. Com esse resultado, a atividade varejista encerrou o ano passado com crescimento acumulado de 6,4%, o menor ritmo de expansão dos últimos três anos. Em 2010 e em 2011 as altas foram de 9,6% e de 7,8%, respectivamente.
O resultado de 2012 ficou ligeiramente acima do crescimento de 6,1% verificado em 2009, ano em que a economia brasileira passou por um período recessivo durante o seu primeiro semestre, tendo em vista os efeitos da crise financeira internacional a partir de setembro de 2008.
Os segmentos que lideraram a expansão de 6,4% da atividade varejista em 2012 foram o de Material de Construção e o de Móveis, Eletroeletrônicos e Informática, com altas 7,6% e de 7,7%, respectivamente. Também o setor de Veículos, Motos e Peças, que contou com incentivos fiscais durante o ano passado, registrou um bom desempenho, crescendo 4,7%. Por outro lado, o elevado nível de inadimplência no segmento de financiamento de veículos foi um inibidor da evolução deste segmento, impedindo que o seu crescimento em 2012 fosse mais expressivo.
Beneficiado pelo bom momento vivido pelo mercado e trabalho, com taxas historicamente baixas de desemprego e com ampla maioria dos rendimentos corrigidos acima da inflação, o movimento no segmento de Supermercados, Hipermercados, Alimentos e Bebidas registrou crescimento de 4,1% em 2012. A aceleração da inflação dos alimentos ocorrida no ano passado foi o principal elemento que restringiu uma alta mais significativa da atividade varejista do segmento.
Os setores que menos cresceram em 2012 foram o de Tecidos, Vestuário, Calçados e Acessórios e o de Combustíveis e Lubrificantes. O fluxo dos consumidores nestes ramos varejistas foi 3% e 1,8% maior em 2012, em relação a 2011, respectivamente.

 

< Anterior | Próxima >