Revista da Papelaria

Início » Notícias / Mercado » O melhor caderno de 2013

10/02/2014

   

O melhor caderno de 2013

Caderno O Pequeno Príncipe, eleito o melhor de 2013 em prêmio de excelência gráfica, mantém boas vendas no volta às aulas 2014

Lançado entre os papeleiros em setembro do ano passado, o caderno da linha O Pequeno Príncipe foi eleito o melhor de 2013, na categoria cadernos espiralados do 23° Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini. Assim como era esperado entre a fabricante Jandaia, as vendas no volta às aulas 2014 apresentam bons números e deve seguir em linha ascendente.


“Atualmente, o produto apresenta um crescimento de 20% ao ano”, conta Fabrício Pardo, gerente de marketing da empresa. O número é bastante relevante para o setor. “Como livro, ele esteve sempre na ativa, mas identificamos um negócio que estava adormecido. Nosso papel foi transformar essa oportunidade em produto, respeitando a marca e suas mensagens positivas. É um personagem clássico, antigo e romântico, com aceitação em toda a família, da mãe aos filhos”, acrescenta o gerente.


A história da Jandaia com O Pequeno Príncipe começou em 2007, quando a empresa decidiu lançar sua linha de produtos inspirada no livro de 1943, que até hoje se mantém na lista dos mais vendidos. Sua grande aceitação e penetração entre diversos públicos mostraram que havia um grande potencial a ser explorado na criação de cadernos.


Essa é a segunda vez que o personagem rende à Jandaia uma premiação, já que em 2009 seu caderno plus também se sagrou vencedor. Dessa vez, o caderno aliou o apelo de um personagem que ultrapassou gerações a processos diferenciados em sua produção. A coleção do volta às aulas 2014 possui quatro capas com encarte dourado metalizado, encarte para montar, planejamento, separador e miolo decorado. No verso, um QR Code permite ao comprador entrar no site de O Pequeno Príncipe, onde ele tem benefícios para interagir com a marca.

 

< Anterior | Próxima >