Revista da Papelaria

Início » Notícias / Representante » Representantes dos Sonhos – parte III

19/11/2014

   

Representantes dos Sonhos – parte III

Ismael Boeira dedica conquista do Prêmio Desempenho ao pai, inspiração de carreira

Ismael Boeira faturou o Prêmio Desempenho para a categoria Representante Comercial na Região Sul. Após os depoimentos de Max Faria e Jorge Marcondes, a terceira da série de entrevistas com os vencedores na categoria Representante Comercial, Ismael conta como os 21 anos de atuação e a presença de Xeryus, Faber-Castell e 3M na carteira de clientes o credenciaram ao troféu que, segundo ele, começou com os passos trilhados pelo pai, caixeiro viajante nos anos 1970.


Como você se tornou um representante comercial?


Quando criança ou jovem, muitos querem ser médicos ou veterinários. Meu sonho sempre foi ser vendedor! Em 1971, meu pai começou a escrever uma nova história: após ser balconista de uma papelaria, se tornou um caixeiro viajante. Eu cresci vendo meu pai, meu ídolo, exercendo essa magnífica profissão e adorava quando ele voltava de uma jornada de trabalho, em que passava dias longe de casa. Eu contava os minutos esperando ele entrar pela porta cheio de alegria e novas histórias! Aquilo me encantava e me motivava a um dia seguir os seus passos.


O que mais te empolga na sua profissão?


A liberdade de poder estar todos os dias em um lugar diferente, oferecer soluções e benefícios relevantes para o mercado, para nossos clientes e representadas, rompendo barreiras, cumprindo metas e trocando conhecimento.


Quais suas perspectivas para o futuro?


Que o mercado, as empresas e os clientes sejam cada vez mais exigentes. Vai se sobressair quem estiver mais bem preparado.


Como se sente como vencedor de um prêmio com abrangência nacional?


Sinto que a árvore plantada pelo meu pai no passado cresceu e está dando frutos maravilhosos. Vencer esse prêmio me deu certeza de que estou no caminho certo. O prêmio me incentiva ainda mais a fazer o meu melhor em todos os dias de minha vida.


Qual o segredo do sucesso?


Fazer sempre o melhor, com os recursos que tenho e no contexto que estiver inserido, acreditando fielmente que o impossível só demora um pouco mais.

 

< Anterior | Próxima >