Revista da Papelaria

Início » Notícias / Mercado » Volta às aulas na TV

12/01/2015

   

Volta às aulas na TV

Empresas investem na criatividade para conquistar crianças

Investimentos em mídia televisiva são o principal foco de tradicionais companhias do setor de papelaria no volta às aulas 2015. BIC, Pritt e Faber-Castell preparam campanhas publicitárias e até mesmo programas em parceria com emissoras para inovar e manter o bom relacionamento com os consumidores no ano que se inicia.


Mesmo diferentes entre si, as estratégias das três empresas são baseadas na divulgação de novos produtos, lançados especialmente para o período mais aquecido do ano para os papeleiros. Além disso, todas apostam na empatia com o consumidor, item básico nesse mercado que lida basicamente com crianças.


“Com exibição dos filmes em TV, cinema, além de ações especiais nas mídias sociais e peças publicitárias em revistas femininas, nós reforçamos o posicionamento como companhia para toda a vida”, revela Elaine Mandado, gerente de Comunicação Corporativa da Faber-Castell.


A estratégia televisiva da companhia traz dois filmes que reforçam o mote da empatia entre marca e consumidores, com uma criança apresentando produtos como Canetinha Vai e Vem, EcoLápis de Cor Grip Aquarelável, EcoLápis Grafite Grip, Esferográfica Grip Stick, Marca Texto Grip embalados pela releitura do jingle “Aquarela”, ícone da Faber composto por Peninha nos anos 1980.


“A campanha do volta às aulas foi trabalhada por meio de dois comerciais de TV desenvolvidos em parceria com agência de publicidade. O principal objetivo dos vídeos é reforçar o posicionamento da marca como ‘Sua Companhia Para Toda a Vida’ e divulgar o conceito de ‘Ideias Feitas à Mão’”, reforça Elaine.


Já a BIC aposta na continuidade do Traquitana, programa com três minutos de duração desenvolvido em parceria com a TV Cultura. No terceiro ano de atividade, a atração estrelada pelo professor Bic e o fiel parceiro, o cachorro BICão, continuará desenvolvendo experimentos que podem ser reproduzidos pelas crianças em casa com produtos de papelaria.


Além do programa, a companhia francesa chega ao mercado com 16 novos produtos e aposta na reformulação das embalagens da linha Cristal para gerar impacto no desempenho do volta às aulas. A ideia é dar destaque aos diferenciais de cada item, em um esforço de modernização da linha. Estratégia que, segundo a BIC, traz projeções positivas.


Enquanto isso, a Pritt foca a divulgação na TV a cabo com inserções nos canais Disney Channel, Disney XD e Disney Jr. A estratégia levará os produtos da empresa a 18,9 milhões de espectadores, de acordo com dados da Associação Brasileira de Televisão por Assinatura (ABTA), aquecendo um mercado publicitário que movimentou R$ 557,6 milhões no primeiro semestre de 2014.


“Buscamos desenvolver atividades que estimulam a criatividade das crianças. Foi assim que nasceu o ‘DJ Mr. Pritt’, que virá com uma banda estampando as embalagens da cola bastão. Trata-se de um personagem divertido que explora o interesse infantil pela música”, comenta Carolina Camelier, gerente da marca Pritt.


Crianças ‘fazem arte’


O enfoque em divulgação televisiva não exclui as ações práticas das empresas. As três gigantes do mercado deixam claro que ações práticas são importantes, tanto pelo viés social quanto pelo incentivo à criatividade infantil.


“Daremos continuidade às oficinas de artes manuais. Em parceria com o Ateliê Maria Flor, em colégios, livrarias, shopping centers e museus, essas ações vêm sendo desenvolvidas desde 2010 e já reuniram mais de 100 mil crianças. Também seguiremos com as oficinas em parceria com a Disney, realizadas em São Paulo”, acrescenta a gerente da Pritt.


A atuação da BIC junto às crianças é com a plataforma ‘BIC, é assim que se educa’. Realizada em conjunto com a Cidade do Livro, a ação comemora dez anos estimulando a leitura entre os pequenos, no espaço cenográfico localizado próximo à Marginal Tietê, na capital paulista.


Em contrapartida, a Faber-Castell se antecipou no estímulo aos trabalhos manuais com a iniciativa Handmade Filter. Durante quatro semanas, foram escolhidas cerca de 84 fotos postadas por seguidores da empresa com a indicação #IdeiasFeitasaMao no Facebook e no Instagram. As imagens foram transformadas em pinturas por ilustradores como Marcio Moreno, João Montanaro e Anna Anjos, que utilizaram canetas da marca para realizar a ação.


“As ideias ganham força quando encontram um lápis e um papel. Com a correria do dia a dia, as pessoas acabam esquecendo o quanto é importante deixar marca e sentimentos registrados e personalizados em uma folha de papel”, conclui a gerente de Comunicação Corporativa da Faber.

 

< Anterior | Próxima >