Revista da Papelaria

Início » Notícias / Mercado » Diretor da Messe analisa a Paperworld Frankfurt

25/03/2015

   

Diretor da Messe analisa a Paperworld Frankfurt

Michael Reichhold se diz satisfeito com resultado de experiências na feira alemã

Não há como não se impressionar com a infraestrutura e organização da Paperworld. Os alemães são impecáveis nesses quesitos e a tradição de 750 anos de Frankfurt na realização de grandes eventos dá a base necessária para deixar expositores e visitantes satisfeitos. Nesta entrevista, o diretor da Messe Frankfurt, Michael Reichhold, dá detalhes sobre o maior evento voltado ao segmento de papelaria e materiais de escritório e ainda revela a opinião sobre o futuro do setor.


Qual a diferença desta edição para as anteriores?


A grande diferença é que começamos um novo conceito com o Paperworld Plaza. Havia muitas empresas que não se apresentaram no último ano e estavam aqui nesta edição junto à associação. Trata-se de plataforma para todos os membros da associação de fabricantes. Isso é bem novo e foi inaugurado neste ano. Para a primeira vez, o resultado foi muito bom. Tivemos intenso tráfego e os expositores se mostraram uito satisfeitos.


Por que Frankfurt é o lugar ideal para a realização da Paperworld?


Frankfurt está no centro da Europa, é muito visitada, e tem muita tradição em fazer grandes eventos. Começamos há 750 anos, ou seja, é uma história muito longa. Devido a essa tradição, muitas feiras são realizadas aqui, temos este grande espaço para abrigar as exposições, excelente logística, além de ser fácil para chegar de qualquer lugar do mundo.


Quais proveitos a feira é capaz de proporcionar?


Paperworld é uma feira muito internacional, sen do que 80% dos expositores vêm de fora da Alemanha. Se eles estão aqui, conseguem alcançar o mundo inteiro, e isso é muito bom para o negócio. Esse, com certeza, é o principal benefício. Os visitantes também encontram muitas vantagens. Com apenas uma viagem a Frankfurt, é possível descobrir produtos de milhares de empresas. Aqui é o único lugar do mundo onde é possível encontrar tantos expositores de tantos lugares e tantos produtos. E, claro, Messe Frankfurt faz muito pelos expositores e pelos visitantes também. Fornecemos a melhor estrutura para que todos fiquem satisfeitos.


Paperworld é a maior feira promovida pela Messe Frankfurt?


Não é a maior, mas é uma das maiores feiras que promovemos. Paperworld é muito importante para Messe, com mais de 1.600 expositores ocupando a maioria dos halls. E não é só importante em Frankfurt, tendo em vista que temos a Paperworld em Xangai, Dubai, Hong Kong e Moscou. Ou seja, a marca é uma plataforma muito importante para a Messe Frankfurt.


Você sente que o mercado de papelaria está em um período de mudança?


O mercado de papelaria mudou muito nos últimos anos. Hoje é possível comprar os produtos em quase todo lugar. Há uma mudança também em termos de qualidade, que está aumentando. Inclusive, temos um hall destinado a essa categoria de produtos (Exclusive Stationery Products). Outro detalhe é que os produtos de papelaria, neste momento, estão muito coloridos, e as pessoas estão gostando de ter papel e caneta de novo, estão retomando o prazer de escrever.


Como você vê o futuro da papelaria e da Paperworld?


Nossos eventos estão muito próximos do mercado. Se o mercado está forte, teremos uma feira forte. Se está fraco, teremos uma feira fraca. E se o mercado está mudando, vamos ver isso na feira também. Acredito que, em todo mundo, os materiais de escritório e papelaria sofrem uma grande competição. Mas continuo acreditando que esse mercado tem futuro. As pessoas não só precisam, como gostam de comprar produtos de papelaria e materiais de escritório. Quando elas estão na cidade, se têm tempo e dinheiro, o que fazem é comprar. Então, é importante dar suporte a elas. O mercado vai se ajustar, mas nunca desaparecer, e isso também acontecerá com a Paperworld.

 

< Anterior | Próxima >