Revista da Papelaria

Início » Notícias / Mercado » Faber premia desenhistas

05/06/2015

   

Faber premia desenhistas

Prêmio Internacional de Desenho chega à segunda edição

A Faber-Castell realiza, em 2015, a segunda edição do Prêmio Internacional de Desenho. Fruto de uma parceria com o Neues Museum Nuremberg, a homenagem é entregue a um artista com até 40 anos de idade cuja prática inovadora demonstre potencial para o desenvolvimento futuro. O vencedor, que será conhecido em 16 de julho, ainda leva 15 mil euros para casa.


“Nós esperamos que o Prêmio Internacional de Desenho contribua significativamente para a valorização deste meio e para a promoção e reconhecimento de jovens artistas talentosos”, projeta Anton Wolfgang von Faber-Castell, CEO da companhia alemã.


Os concorrentes da edição de 2015 são Ed Atkins (Londres), Anastasia Ax (Atenas/Estocolmo), Ulla von Brandenburg (Paris), Aleksandra Chaushova (Bruxelas) e Julia Haller (Viena). Eles serão avaliados por cinco especialistas, que decidirão quem está mais apto para destronar a norte-americana Trisha Donnelly, vencedora em 2012.


“A primeira edição do prêmio e a escolha da primeira vencedora, em 2012, estabeleceram padrões altíssimos para a seleção deste ano, que serão rigorosamente aplicados em 2015”, avalia Melitta Kliege, curador da exposição feita com as obras dos artistas selecionados, realizada entre 17 de julho e 11 de outubro.


Os jurados


Cinco especialistas foram escolhidos pela Faber-Castell e pelo Neues Museum Nuremberg para formar uma comissão internacional. Saiba quem é cada um deles:


- Marion Ackermann: diretor do museu alemão Stiftung Kunstsammlung Nordrhein-Westfalen, em Düsseldorf;


- Daniel Birnbaum: diretor do Museu de Arte Moderna de Estocolmo;


- Karola Kraus: diretor da galeria de arte austríaca Mumok, em Viena;


- Hans Ulrich Obrist: curador da Serpentine Gallery, em Londres;


- Dirk Snauwaert: diretor do centro de arte contemporânea Wiels, em Bruxelas.

 

< Anterior | Próxima >