Revista da Papelaria

Início » Notícias / Varejo » 1º congresso on-line acontece em outubro

23/09/2015

   

1º congresso on-line acontece em outubro

Inscrição gratuíta no site do Conapap

O Congresso Nacional de Papelarias (Conapap) está previsto para ser realizado nos dias 19 a 25 de outubro, totalmente on-line e gratuito para quem se inscrever para assistir às palestras virtuais. “O objetivo principal do evento é passar dicas e conceitos essenciais para ajudar as pequenas e médias papelarias a estruturarem melhor seus negócios. Os palestrantes, todos especialistas no ramo de papelaria ou em marketing digital, estão empenhados em ajudar a transformar a empresa de cada papeleiro que participar desse evento”, diz Claudia Maia, sócia-diretora da Internet Com Sucesso, agência de marketing digital organizadora do evento.


De acordo com Rogério de Andrade, atualmente sócio na agência ao lado de Claudia, mas que já liderou o departamento de marketing de importantes fabricantes de instrumentos de escrita do mundo, o evento será uma oportunidade para aprender conceitos essenciais que ajudarão a aumentar a receita e o lucro das papelarias durante o período difícil da economia brasileira. “Estarão reunidos executivos do mercado para responder às dúvidas comuns dos papeleiros, como qual é a melhor maneira de expor os produtos para facilitar o processo de compra do consumidor, como atrair e fidelizar mais clientes, como montar um e-commerce e qual a melhor maneira de criar uma presença nas mídias sociais para promover seu negócio”, aponta Rogério.


Além de promover conhecimento, o evento busca estreitar o relacionamento com os fabricantes, que não conseguem atender diretamente a todas as papelarias do Brasil e, por isso, não conseguem desenvolver relacionamento com a grande maioria dos papeleiros, todos clientes em potencial. “Conapap é o primeiro passo na criação de um canal de comunicação on-line entre o fornecedor e a categoria como um todo”, ressalta o sócio da Internet Com Sucesso.


Para o palestrante confirmado no Congresso, Daniel Werneck, gerente de marketing sênior da Compactor, a iniciativa é muito inovadora e não há referência de algo similar promovido para esse mercado. “É uma aposta, mas minha expectativa é boa. Não tem a farda do deslocamento, pode assistir de casa. Isso é vantagem. O desafio é entregar conteúdo relevante ao lojista”, declara o gerente.


A opinião é compartilhada por Ricardo Dias, diretor comercial da Paper Mate. “Acredito que a proposta é bastante inovadora, pois tem como objetivo principal elevar o nível de profissionalismo do setor através do compartilhamento de informações relevantes para o dia a dia do papeleiro por parte de profissionais experientes da indústria. Além disso, o fato de ser on-line e gratuito permite acesso a um grande número de pessoas interessadas por obter mais conhecimento, sejam elas os proprietários do negócio, sejam seus funcionários”, concorda o gestor.


Um dos maiores gargalos do ramo papeleiro é a falta de informação e o treinamento falho das equipes, além da gestão das compras, segundo Fábio Januário, gerente de trade marketing da Dello. Ao mesmo tempo, há grande procura quando uma oportunidade como essa é apresentada. “Postei o assunto e muita gente me procurou querendo se cadastrar. Hoje em dia, há dificuldade para disponibilizar conteúdo e o Conapap pode ajudar muito nisso”, acredita.


Há alguma apreensão por parte de João Gabassi, gerente comercial da Inforshop, que acredita que sofremos, hoje, da “síndrome da falta de atenção” pelo fato de as pessoas não ficarem muito tempo em frente à tela. Pensando nisso, ele estruturou sua palestra diferente, divindindo-a em 20 tópicos, cada um com pouco mais um minuto. Será útil e direta. “Vejo que as papelarias tendem a diminuir cada vez mais os faturamentos, porque, cada vez mais, há o apelo da internet, que está tirando o dinheiro da papeleira que não quer se reinventar. Quem não investir em capacitação, está fadado ao fracasso. E isso não tem a ver com a crise”, alerta o executivo.


O que você, papeleiro, está esperando? Conhecimento nunca é demais, principalmente em um setor que se encontra em mutação e que terá espaço apenas para aqueles que realmente estiverem aptos a se adaptar às mudanças e a modernizarem o negócio. Fácil logística Para participar, a papelaria deve se cadastrar no site, receber e-mail de confirmação e confirmá-lo. Depois disso, será atualizada constantemente sobre novos palestrantes, temas das palestras e outras informações relevantes. O principal meio de comunicação será o correio virtual. As palestras serão gravadas pelos fabricantes e transmitidas em horário específico, pelo site do Congresso. Serão 21 palestrantes, divididos em sete dias de evento.


A premissa é entregar todo o conceito e dicas de grandes empresas do ramo gratuitamente. No entanto, caso o empresário perca alguma palestra ou queira ver novamente depois, poderá adquirir o pacote, que será oferecido posteriormente. A expectativa é realizar o Conapap anualmente, mas é a primeira edição que vai dar o termômetro. Baseando-se na pesquisa da Francal, são mais de 50 mil internautas em potencial para serem atingidos, sendo que a adesão poderia mudar o panorama negativo de evolução de empresas constatado até 2013. Afinal, somente a busca pelo conhecimento é capaz de manter qualquer negócio ativo. “Se todas as papelarias estivessem melhor estruturadas, venderiam mais e aumentariam o lucro das fabricantes”, sintetiza Rogério.


 


Temas essenciais


No evento, três grandes áreas estarão representadas:


PAPELARIA – com palestras de especialistas de empresas como 3M, Compactor, Dello, Faber-Castell, International Paper, Tilibra e Tonbrás. Assuntos como administração, marketing, finanças, entre outros, serão abordados para que o papeleiro alavanque as vendas e se organize melhor de maneira geral.


LICENCIAMENTO – empresas renomadas no setor discutem a área, que requer maneira específica para trabalhar, além de falarem sobre os desafios envolvidos. Entre elas, Mattel, Instituto Ayrton Senna e Play Pesquisa & Conteúdo Inteligente.


PMES – reúne áreas necessárias para a boa estrutura do negócio. Aborda área jurídica, contábil, e-commerce. Entre as empresas confirmadas estão SAGE, Trey E-commerce, H2Web e Google.

 

< Anterior | Próxima >