Revista da Papelaria

Início » Notícias / Mercado » Força dos brinquedos

14/02/2016

   

Força dos brinquedos

O cenário para a indústria de brinquedos continua favorável. De acordo com suas contas, o presidente da Abrinq (Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos), Synésio Batista da Costa, acredita no faturamento de dois dígitos em 2015: R$ 10 bilhões. As estatísticas estão quase concluídas, o que indicaria crescimento de 15% em relação a 2014.


Entre os fatores que contribuem para o bom momento do setor no Brasil estão o programa de complementação industrial produtiva em vigor no Mercosul, a alta do dólar, o fim da substituição tributária, a elevação permanente do custo da mão de obra e encargos sociais na China, além do design nacional e regional cada vez mais arrojado, segundo informações da entidade.


Com tantas variáveis positivas no segmento, a indústria no país recuperou cinco pontos percentuais de participação no mercado, encerrando o ano passado em 55% contra 45% de importados. Juntas, as duas datas mais fortes – Semana da Criança e Natal – responderam com 67% do movimento do ano. 


1,5 mil novos produtos na Abrin 2016 


O ciclo dos negócios tem início no que já é o terceiro maior evento do ramo no mundo, a Abrin Feira Brasileira de Brinquedos, patrocinada pela Abrinq e promovida pela Francal Feiras. Neste ano, serão 1,5 mil novidades à disposição de lojistas, entre brinquedos, puericultura leve e pesada, jogos eletrônicos, colecionáveis, fantasias e outros artigos infantis.


A 33ª edição da Abrin será realizada entre 5 e 8 de abril, no Expo Center Norte, em São Paulo/SP. Historicamente, o evento é responsável por 25% do faturamento anual da indústria, sendo que, em 2015, impulsionou negócios na ordem de R$ 1,47 bilhão. A expectativa é de que a Abrin 2016 receba mais de 15 mil profissionais do setor, vindos de todos os estados brasileiros e de países do Mercosul e América Latina.


Faça a assinatura da Revista da Papelaria para conferir a matéria completa e muito mais sobre o mercado de papelaria!

 

< Anterior | Próxima >