Revista da Papelaria

Início » Notícias / Mercado » Desaceleração da economia preocupa CNDL

07/03/2012

   

Desaceleração da economia preocupa CNDL

Depois de crescimento de 7,5% em 2010, o PIB brasileiro do ano passado ficou em 2,7%

O crescimento de apenas 2,7% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2011 é, segundo o presidente da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), Roque Pellizzaro Junior, sinal de que o Brasil não fez bem o seu dever de casa.
Para ele, a inércia na condução de investimentos em infraestrutura e a falta de sensibilidade com os juros altos resultaram em um cenário de fraco crescimento produtivo, cujo efeito traduziu-se em perda de desempenho para a indústria nacional. “O governo demonstrou preocupação em tentar combater a inflação, mas escolheu as armas erradas. O remédio dos juros altos acabou sendo forte demais para um paciente ainda muito debilitado, como o setor produtivo”, comenta.
Pellizzaro acredita ainda que os dados fracos do PIB devem pesar na decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) sobre a nova meta de taxa Selic.

 

< Anterior | Próxima >