Revista da Papelaria

Início » Notícias / Mercado » Mês da Organização fomenta mercado de papelaria

25/04/2016

   

Mês da Organização fomenta mercado de papelaria

250 pontos de vendas do Brasil participam de projeto piloto

Trabalhar com papelaria significa lidar com variedade. Esse mercado é capaz de abraçar diferentes segmentos, muitos deles úteis ao dia a dia da população. Alguns se consolidam e outros dão espaço a novas descobertas. No momento, existe uma categoria em evidência, e a inserção dela no mix das papelarias – acreditem – é apenas questão de tempo.


Trata-se do setor de organização. Antes, se organizar com planejamento estava restrito ao ambiente de trabalho. Hoje, está em todos os aspectos da vida. Nesse sentido, a fabricante Dello, que se empenha em mostrar a tendência para os brasileiros, promove o Mês da Organização. Desde 15 de abril, 250 pontos de venda do país participam do projeto piloto, que tem o intuito de gerar fluxo nas lojas após o período de volta às aulas e reforçar o escoamento de produtos.


A proposta é estimular o consumidor final a se organizar, seja no escritório, no home office ou nos ambientes da casa. Um robusto conjunto de material de PDV identifica a ação dentro das papelarias e pontas de gôndola estão estrategicamente preparadas para que o cliente identifique o período. Além disso, o papeleiro pode estimular o consumidor a interagir com o Mês da Organização. Dello lançou campanha nas redes sociais que sorteia kits com produtos Romero Britto – um apelo a mais para conquistar o público.


“O movimento é uma coprodução, idealizado por nosso departamento de trade e marketing, que sempre trabalhou o relacionamento e suporte ao cliente de forma estratégica e não poderia ser diferente em um momento desafiador como o que estamos vivendo”, explica Juliana Rett, gerente de Marketing da Dello. A empresa está engajada em buscar novas formas e caminhos para fomentar o comércio, e entende que o varejo está ávido por novas soluções e ideias.


A expectativa, de acordo com a fabricante, é que o número de participantes dobre em 2017, e que, em alguns anos, abril seja um período sazonal de força e expressão no calendário de toda papelaria, graças aos itens de organização. Nesta primeira empreitada, participam: 2 papelarias do Amazonas; 13 da Bahia; 7 do Ceará; 3 do Rio Grande do Norte; 1 de Pernambuco1 do Piauí; 4 do Distrito Federal; 6 de Goiás; 10 de Minas Gerais; 15 do Rio Grande do Sul; 6 de Santa Catarina; 4 do Paraná; 3 do Espírito Santo; 21 do Rio de Janeiro; e 105 de São Paulo.

 

< Anterior | Próxima >