Revista da Papelaria

Início » Notícias / Negócios » Lojista paga menos à vista

09/06/2016

   

Lojista paga menos à vista

Levantamento mostra que custo financeiro das transações parceladas aumentou em 2016

Facilidade para o consumidor, dor de cabeça para o lojista: oferecer parcelamentos ficou mais caro para o empreendedor nos primeiros quatro meses de 2016. O custo financeiro das transações parceladas, que corresponde à comissão paga pelas empresas às operadoras de cartões, registra alta de até 13% na comparação com o mesmo período do ano passado.


A conclusão é da pesquisa informativa realizada pela empresa especializada Equals, que analisou as transações de 6.669 pontos de vendas, físicos e on-line, espalhados em todas as regiões do Brasil, de janeiro a abril de 2016.


Na média, a venda à vista teve taxa de 1,38% para o lojista – queda de 6% na comparação com 2015. Em contrapartida, o aumento das parcelas levou a um crescimento da comissão paga às operadoras de cartões. Compras feitas em “dez vezes”, por exemplo, registraram 2,35% contra 2,3% do ano passado. No caso de doze parcelas, a taxa foi de 2,46% ante 2,18% nos primeiros quatro meses do ano passado – alta de 13,05%.


“Esses números acompanham o momento de incertezas econômicas pela qual o Brasil atravessa atualmente. É um estímulo para que as compras sejam realizadas à vista, garantindo dinheiro no caixa durante a crise”, afirma Fabrício Costa, diretor de novos negócios da Equals.


De acordo com a empresa, o consumidor prefere parcelar, com 65% nas compras realizadas em até três vezes. Em 2015, essa taxa era de 63%. O restante dos pedidos foi realizado em até doze parcelas, também com distribuição semelhante ao mesmo período do ano passado. No total, a pesquisa processou 31,3 milhões de transações, com R$ 3,8 bilhões em vendas.


Antecipação de recebíveis


Para driblar a crise, o lojista opta, cada vez mais, por receber antecipado. O custo da antecipação de recebíveis (modalidade em que a empresa recebe à vista as vendas parceladas) também acompanhou a tendência de crescimento. Em 2016, a taxa média dessas operações foi de 2,65% contra 2,27% registrada em 2015 – aumento de quase 17%. O volume antecipado também foi maior e atingiu 135% do volume de vendas do período, ou seja, R$ 5,1 bilhões.


Sobre a Equals


Fundada em 2010, Equals é uma empresa especialista em gestão e conciliação de vendas com cartões de crédito e débito, boletos e outros meios de pagamentos on-line. Sua missão é ajudar empresas pequenas, médias e grandes a ter controle e visibilidade sobre seus recebíveis, disponibilizando informações confiáveis, maior produtividade, melhores práticas e controles nas atividades do departamento financeiro.


 

 

< Anterior | Próxima >