Revista da Papelaria

Início » Notícias / Tecnologia » Jogos de tabuleiro na era digital

24/06/2016

   

Jogos de tabuleiro na era digital

Conversão de jogos tradicionais com uso de aplicativos é tendência que veio para ficar

Em pleno ano 2016, não existem mais crianças nascidas fora do mundo tecnológico. Cada vez mais cedo, elas são apresentadas aos dispositivos digitais, e não é preciso esforço para que elas se sintam atraídas pela novidade. A realidade é que o dia a dia está cada vez mais conectado e com multiplataformas.


Os jogos de tabuleiro também conquistaram espaço na nova era e ganham características adequadas a esse novo século – e a Abrin 2016 demonstrou isso. A feira de brinquedos apresentou diversos jogos com o toque especial da tecnologia. “Essa convergência do mundo digital com o mundo físico fez sucesso extraordinário e por isso estamos trazendo muitos produtos nessa vertente”, comenta Aires Fernandes, diretor de marketing da Estrela.


No último Natal, o brinquedo mais vendido da Estrela foi Detetive, que existe há muitas gerações. “Criamos um Detetive com aplicativo. O app faz a leitura do crime com QR Code e, durante o jogo, os participantes recebem dicas do crime que aconteceu”, explica o diretor. “Buscamos esse novo público, que tem o celular como prolongamento do corpo. Hoje em dia, quase ninguém vive sem o aparelho na mão, e vamos conciliar com o mundo físico da brincadeira para encantar essa nova parcela de consumidores”, completa Aires.


Não só essa tradicional fabricante de brinquedos – que completa 80 anos em 2017 – está atenta às novas possibilidades. Além da Estrela, empresas como Copag, Xalingo Brinquedos e Nig Brinquedos, por exemplo, lançaram as novidades com o pé no futuro. É o começo de uma tendência que veio para ficar.

 

< Anterior | Próxima >