Revista da Papelaria

Início » Notícias / Mercado » Planejamento com criatividade e estilo pessoal

26/01/2017

   

Planejamento com criatividade e estilo pessoal

Tendência dos planners incentiva a personalização de cadernos e agendas

Se as agendas já são velhas conhecidas como ferramentas de organização, a tendência dos planners ganha força no Brasil como um modelo mais personalizado e voltado para planejar e cumprir metas de curto e longo prazo, desde os compromissos mais banais até grandes planos pessoais e profissionais. Seu diferencial está em aliar o básico da organização (datas, tarefas a serem cumpridas, lembretes e obrigações) com um forte apelo à criatividade, incentivando as pessoas a se expressarem por meio de colagens, desenhos e caligrafia desenhada. Para a papelaria, a vantagem está no potencial de venda de acessórios e uma infinidade de produtos complementares, como canetas coloridas, clipes, adesivos e blocos que vão transformar a experiência de cumprir metas em algo prazeroso e produtivo.


O planner em si já é vendido em modelos prontos, mas pode ser feito em um caderno comum ou em folhas com layouts diferenciados disponíveis para download na internet, como as desenvolvidas pela designer gráfica Fernanda Sant’Ana, criadora do blog Meu Reino de Papel. As dúvidas e perguntas recorrentes que recebe estão relacionadas a onde encontrar planners para comprar, como conseguir materiais como furador de um furo, canetas técnicas e canetas gel de ponta fina para incrementar a experiência de uso, o que demonstra que há espaço para que as papelarias explorem produtos que já fazem parte do seu mix.



“Uma boa parte das pessoas que usa planner gosta de testar novas canetas, praticar a caligrafia com caneta de bico de pena ou caneta com ponta pincel, decorar as páginas com washi tape (fita adesiva decorada), desenhar com caneta técnica, usar lápis de cor de qualidade superior e aquarela”, detalha a designer. Segundo ela, o teste e uso desses materiais aumenta o vínculo e o comprometimento pessoal, o que reflete positivamente no hábito de usar o planner no cumprimento de tarefas e metas.


Para quem está começando a se aventurar nesse universo, uma dica é separar, logo no início da semana, as tarefas sem data definida (aquelas que podem ser feitas a qualquer momento, em qualquer dia da semana) daquelas que possuem data para execução. “Comece seu dia estipulando as três tarefas mais importantes, em seguida, execute-as uma por uma. Não se esqueça de riscar as tarefas executadas; você se sentirá produtivo e motivado a realizar as outras tarefas do dia com tranquilidade. Sempre que possível, preveja um tempo do seu dia para resolver as tarefas sem data definida”, orienta a Fernanda.


A youtuber Déia Dietrich, que também está à frente do site www.deiadietrich.com, começou a falar sobre planners e organização há cerca de um ano e meio e aproveitou para disseminar entre seus seguidores ideias e projetos do it yourself (DIY), ou faça você mesmo, que ajudam no processo de planejamento. Ela acredita que a comunidade plannerística brasileira carece de itens de papelaria, especialmente os de design delicado e fofo, assim como planners bonitos e funcionais, clipes enfeitados, canetas diferentes, papéis decorados, carimbeiras coloridas, adesivos etc. “Recorremos muito aos importados porque no Brasil é difícil achar esses itens. Há uma infinidade de coisas que as papelarias brasileiras podem incorporar e vender”. Além das agendas, cadernos e fichários que podem ser personalizados como planners, outros produtos da rotina de organização pessoal incluem post-its pequenos, ótimos para anotar lembretes, marcadores de texto, que ajudam a criar um código de cores para as categorias, e washi tapes, que podem ser usadas para criar abas em páginas de uso frequente, agilizando o acesso.



Kits de produtos são muito convenientes, além de guiar quem não sabe por onde começar. Fernanda Sant’Ana indica que kits podem ser montados tanto por estilo (clássico, feminino, jovem) quanto por paleta de cores. “Caderno, canetas, marcadores de texto, post-it e fitas adesivas que combinam entre si são bonitos, atrativos e ficam bem na vitrine”. Outros produtos podem ser utilizados na decoração das páginas como carimbos, lápis de cor, caneta de ponta porosa e ponta pincel. “Embora a decoração das páginas não seja obrigatória, muitas pessoas o fazem por ser uma atividade relaxante e prazerosa que aumenta a motivação para planejar”, defende a designer.

 

< Anterior | Próxima >