Revista da Papelaria

Início » Notícias / Artigo » Negócios e inspiração de todo o mundo

31/01/2017

   

Negócios e inspiração de todo o mundo

Da Paperworld, Rosangela Feitosa, editora da Revista da Papelaria, conta as principais novidades da feira

Humor, harmonia com mundo e eficiência estavam por toda a Paperworld 2017. Nos últimos três dias, os pavilhões da Messe Frankfurt ofereceram aos visitantes de todo o mundo diversificadas possibilidades de negócios e de inspiração. Hoje, no último dia do evento e depois de caminhar mais de 30 quilômetros de exposição, constato que todos os segmentos do universo da papelaria estavam representados.


Das mais coloridas pastas às mais robustas fragmentadoras de papel, passando por carimbos, grampeadores e suportes de fita adesiva que são puro design: estavam todos muito bem representados no pavilhão 3. Os cartões de cumprimento, embalagens para presentes e artigos de festa eram a especialidade do pavilhão 5. Já o 4 recebeu o segmento escolar com suas fashionistas mochilas. A papelaria fina e mais personalizada foi acolhida no pavilhão 6. A sempre organizada Paperworld também recebeu o segmento de suplementos de impressão em um pavilhão exclusivo. Assim como, reuniu a maioria dos fornecedores da Ásia em dois andares do pavilhão 1.


A feira Creativeworld, que acontece no mesmo período nos pavilhões 4.1 e 4.2, completa o mix de papelaria com seus artigos para artes e artesanato. Ela foi a escolha da Acrilex para mostrar sua linha de produtos e toda sua capacidade de fornecimento. A empresa dava as boas vindas logo na entrada do pavilhão ostentando a bandeira brasileira. "Para nós é importantíssimo valorizar nossa origem e nossa qualidade. Independente das questões políticas e econômicas atuais em nosso país, temos condições de estarmos aqui, ampliar mercado e estreitar os laços com os mais de 40 países para os quais já exportamos", avalia o diretor de marketing, Osni Bernardinelli.



A outra empresa brasileira expondo na Paperworld era a Credeal. O objetivo da fabricante de cadernos de Serafina Correia (RS) é claramente aumentar a participação dos atuais 16% de exportação no volume total de negócios da empresa.



 


Além de negócios, a Paperworld é um icônico momento de inspiração. E, não só pelo o que os expositores mostram em seus espaços, a organizadora da feira se empenha em reunir profissionais habilitados a apontar tendências de consumo para o segmento. Segundo eles, os conceitos de humor, harmonia e eficiência citados no início deste texto estão em voga no momento e apostam no sucesso de produtos que atendam a essas demandas. Mas este é assunto para ser detalhado na próxima edição da Revista da Papelaria


Rosangela Feitosa, editora da Revista da Papelaria

 

< Anterior | Próxima >