Revista da Papelaria

Início » Notícias / Varejo » Para pintar, festejar e trabalhar

01/02/2017

   

Para pintar, festejar e trabalhar

A demanda de pintura corporal abrange foliões e profissionais das artes cênicas

O costume de pintar o rosto e o corpo está fortemente associado a manifestações culturais festivas em diversas regiões do planeta. No Brasil, diferentes tradições se misturam em ocasiões como o Carnaval, em que a liberdade de usar o corpo como tela é um convite à criatividade e à imaginação. Quem gosta de incorporar personagens e investir em fantasias para a folia também aposta na maquiagem e na pintura corporal para ter um visual completo, seja nos bloquinhos descontraídos ou, profissionalmente, nos desfiles das escolas de samba mais consagradas. Para a papelaria, o período é uma oportunidade para destacar os produtos e incentivar a venda de itens destinados à maquiagem artística.


É importante ter em mente, porém, que o público não se restringe a foliões: ao longo do ano, datas comemorativas como a Páscoa, o Dia do Índio, o Dia das Crianças e o Dia das Bruxas, já incorporado às festividades nacionais, também são oportunidades para incrementar as vendas. Há também demanda por parte de profissionais das artes cênicas, conforme detalha Michele Costa, do marketing da Color Make: “Nosso público abrange desde recreadores que realizam pintura facial infantil em festas até artistas plásticos e fotógrafos que fazem pinturas conceituais. Esse público tende a comprar o ano todo, e inclui também profissionais de clubes noturnos que trabalham com tinta fluorescente, bailarinos, artistas circences, atores e educadores”.


Saber identificar o perfil do comprador e diferenciar suas necessidades é importante tanto para indicar o produto mais adequado quanto para esclarecer dúvidas. Clientes que buscam as linhas profissionais – geralmente atores, bailarinos, palhaços e artistas plásticos – querem um produto de qualidade superior, de fácil aplicação, melhor cobertura e durabilidade. Além disso, há grande preocupação da segurança no uso, a fim de minimizar reações alérgicas e prejuízos à saúde. Algumas marcas apresentam inclusive linha especial para peles sensíveis.


Confira a seleção das principais marcas para pintura e maquiagem artística feita pela Revista da Papelaria:



Faber-Castell
O Ecolápis Jumbo Cara Pintada da Faber-Castell é composto por uma cartela com 3 EcoLápis, 6 cores + 1 apontador cosmético. Testado dermatologicamente e feito com formulação cosmética, é indicado para crianças a partir de 4 anos, mas também pode ser utilizado por profissionais de pinturas artísticas, faciais e corporais, que criam caracterizações expressivas e personagens em diversas atividades ao longo do ano, como nas ocasiões de animação de festas. Seu preço sugerido é de R$ 59,90.




 



Glitter
A Tinta Líquida Pintakara da Glitter é indicada para crianças acima de 3 anos. Disponível em 18 cores, inclusive com efeito metálico e com glitter, pode ser utilizada em recreações, escolas, buffet, festinhas infantis, entre outros.
Na linha para adultos, a Glitter oferece versões como a Pintakara Neon (que brilha sob luz negra), ideal para festas teen; Pintakara Rollon, prática para ser usada pelas torcidas em jogos e esportes em geral, pois dispensa pincel e frasco aplicador; e a versátil Pintakara Profissional, indicada para o rosto e corpo, mais resistente ao suor, ideal para o Carnaval.




 



Color Make
Os produtos mais vendidos da linha profissional da Color Make são a Tinta Líquida e o Clown make-up. Os produtos são muito procurados no período do Carnaval, junto com as Tintas Líquidas Fluorescentes, os Glitters em Pó e em Gel e a Tinta Líquida Metálica, que rendem diferentes produções e maquiagens.

 

< Anterior | Próxima >