Revista da Papelaria

Início » Notícias / Internacional » Como será o futuro?

28/03/2017

   

Como será o futuro?

Com um posicionamento de vanguarda, a maior feira de papelaria do mundo se propõe visionária para promover negócios hoje

Não basta reunir 1.525 empresas para mostrarem seus produtos e serviços e atrair 33.558 visitantes de 139 países diferentes para fazer uma feira de negócios. A proposta da organizadora Messe Frankfurt para a Paperworld vai além. Ano após ano, a promotora do evento faz da feira o momento de reflexão e inspiração do mercado mundial de papelaria, propondo um tema que dá sentido extra ao trivial modelo de negócios das feiras setoriais. Na edição da feira que aconteceu de 27 a 31 de janeiro deste ano, o tema escolhido foi “Olá, amanhã!”.


Ocupando nove pisos em cinco pavilhões diferentes, a Paperworld é tão grandiosa e diversificada que é bem provável que acerte nas previsões, as quais são concretizadas em amostras e instalações fruto da parceria entre a Messe, a indústria, designers e institutos de pesquisas. O Escritório do Futuro foi uma dessas ações. Especialistas em ambientação de espaços e comportamento de consumo foram reunidos em apresentações de 30 minutos numa área de destaque no meio do pavilhão 3.0. O impacto do aumento da digitalização dos processos de trabalho e das novas formas de trabalho colaborativo no consumo dos tradicionais acessórios de escritório foi evidenciado.


Para Michael Reichhold, diretor da Paperworld, “o indicativo de sucesso do evento é o fato de grande parte das empresas expositoras usarem a Paperworld para apresentar seus novos produtos pela primeira vez ao mercado”. A feira, que acontece em paralelo com as feiras Creativeworld (dedicada a artes e artesanato), Christmasworld (artigos natalinos) e Floradecora (decoração floral), registrou este ano 13% de visitantes oriundos da América do Norte, Central e Sul. Quatro pontos percentuais a mais que em 2016. Por parte dos expositores, o Brasil esteve representando pela indústria de cadernos Credeal. A Acrilex também marcou presença, mas no pavilhão da Creativeworld.


No total, a A Paperworld 2017 atraiu 33.558 visitantes: 30% do varejo, 23% atacadistas, 16% importadores e 11% da indústria, entre outros setores. Segundo um levantamento feito pela Messe, fazer novos contatos, apresentar novidades e fortalecer as rela- ções comerciais já existentes foram apontadas como as três principais aspirações dos expositores. Por parte, dos visitantes, entre outros aspectos, o levantamento também constatou que o tempo investido na visitação da feira aumentou, e ficou na média de dois a três dias. 

 

< Anterior | Próxima >