Revista da Papelaria

Início » Notícias / Escolar » Crescimento é a meta

14/11/2017

   

Crescimento é a meta

Fabricantes do setor revelam boas perspectivas e oportunidades para o período de ouro nas papelarias

A reta final de 2017 vem com cenário positivo para a economia brasileira em meio à retomada da atividade econômica. A meta ainda não é a ideal, mas dados do Boletim Focus – o relatório de mercado do Banco Central –, divulgados na primeira quinzena de outubro, revelam que os especialistas de instituições financeiras traçam crescimento mais forte da economia nos últimos meses deste ano e em 2018.


No panorama atual, com queda da infla- ção e dos juros, as expectativas estão elevadas para que o próximo período de volta às aulas supere o das últimas temporadas. “Neste momento, acreditamos que o volta às aulas 2018 será melhor do que dos últimos dois anos”, afirma Natália Gastado, responsável pelo setor de marketing da Acrimet.


“Acreditamos que será um ano de retomada com um belo cenário de consumo, pois entendemos que o consumidor está consciente de que a economia tem que se descolar da política e que a educação de seus filhos tem que ser uma prioridade constante”, opina o gerente nacional de vendas da Foroni, Ricardo Baena. “Para a temporada 2018, as expectativas são bem positivas. Acreditamos que esse volta às aulas pode superar o desempenho dos últimos anos”, corrobora Carol Turtelli de Andrade, gerente de marketing da Xeryus.


A largada para o início dos trabalhos é dada após a feira Escolar Office Brasil, quando são lançadas muitas novidades e começam os preparativos para a época do ano que traz mais retorno. “Desde a feira Escolar, recebemos pedidos programados para o volta às aulas. Programamos o estoque de embalagens, matérias-primas, contratação de novos funcionários, tudo para que os pedidos não sofram atrasos e possamos fazer as reposições com mais eficácia possível no ponto de venda”, conta Jéssica Borba, analista de marketing da Waleu, cujos produtos vão estar presente no cenário de uma das novelas infantis do canal SBT, em horário nobre, com data para estreia ainda indefinida.


Apoio aos lojistas


Para garantir bom volta às aulas, as fabricantes investem em amplo material de divulgação e ações para apoio aos lojistas. “Podemos citar os investimentos para melhorias no atendimento (pré e pós-vendas) e prazos de entregas. Estamos atentos e, em novembro, teremos novidades”, adianta Ricardo Dastler, diretor da Calac, empresa presente no mercado nacional desde 1961.


Imex do Brasil, distribuidora exclusiva das marcas Paper Mate, Sharpie, Parker, Waterman e Dymo, aumentou a equipe de vendas para atender a regiões antes não exploradas no Brasil, segundo Eduardo Gomes Filho, gestor de marketing na empresa. Em dezembro, além de novidades, o time de merchandising estará em campo fazendo implementação dos novos materiais e prontos para atender às demandas desse período tão importante.


A estratégia da Foroni para alavancar as vendas nas lojas é proporcionar oferta completa, que abrange descontos, prazos, bom tempo de entrega e serviços como e-mail marketing, planograma de exposição e outras ferramentas customizadas. 


Opções não faltam para tirar o melhor proveito do período de volta às aulas, no entanto, é necessário que a papelaria esteja em sintonia com as fabricantes para ficarem por dentro das oportunidades e realizarem bons negócios. Vale destacar que quanto mais o lojista conhecer o produto, maior a chance de desvendar o anseio do cliente e, consequentemente, vender o item. É preciso ter em mente que não é o preço que pode definir a compra, mas, sim, o bom atendimento, de acordo com pesquisa feita pela revista Pequenas Empresas Grandes Negócios, com a participação de 1.350 pessoas de todas as classes sociais, em cinco capitais do Brasil. Do total, 61% dos clientes afirmaram que o bom atendimento é fator mais relevante do que o preço.


Promoções parar agitar PDVs


Para atrair mais clientes à loja, na campanha voltada para o consumidor final, “Pé na Estrada Jandaia”, quem comprar dois cadernos e se cadastrar no site da promoção entre 1º/12/17 e 16/3/2018 vai concorrer a uma viagem com mais três acompanhantes. A empresa também criou promoção para incentivar empresários e vai sortear quatro viagens com acompanhante para o varejista. Cada R$ 5 mil em compras acumuladas de 1º/12/17 e 16/3/2018 equivale a um cupom para concorrer ao prêmio.


A promoção da Faber-Castell vai realizar o sonho de muitos consumidores. A fabricante vai sortear cinco viagens com direito a acompanhante para conhecer a fábrica de cores da Faber-Castell e o castelo da marca na Alemanha. Além disso, os consumidores irão concorrer a milhares de prêmios. “Essa será a maior promoção da história da Faber-Castell. Estamos confiantes de que a campanha irá provocar um grande volume de público nas papelarias, por isso aconselhamos não faltar produto no estoque”, destaca Eduardo Ruschel, diretor de marketing e inovação da marca. A divulgação será ostensiva em TV aberta, fechada e nas redes sociais.


Novas cores e texturas


Para a próxima temporada de volta às aulas, Alaplast aumentou o mix de produtos, com apostas em novas cores e acabamentos, e também o efetivo fabril para garantir melhor estoque e dar conta das entregas, de acordo com Elias Sabbag Junior, diretor- -presidente da empresa. A expectativa é de bom movimento até janeiro, sendo que algumas vendas e entregas já foram consolidadas. “Mudamos algumas embalagens para se adequar melhor no ponto de venda dos clientes bem como facilitar a vida do consumidor final”, destaca Elias, que acredita que a tendência é crescer o volume de vendas com a melhora na economia.


Dicas para se preparar


De acordo com a gerente de marketing da Dello, Juliana Rett, a composição do mix de produtos é o mais importante para maximizar as vendas. “O mix deve levar aos clientes a solução da compra e o cliente deve suprir suas necessidades em um único local”, alerta a gestora da empresa.


Segundo ela, a boa exposição da categoria de papelaria e office deve ser contínua durante os 12 meses do ano, observando, com cuidado, as características dos dois principais momentos: a venda rotineira, onde o sortimento é mais enxuto, e o período da sazonalidade, onde o foco principal é a inclusão de novos itens para a campanha de volta às aulas.


“O lojista deve manter em sua loja as categorias sempre abastecidas e, na sazonalidade, determinar um espaço privilegiado, pois esse será gerador de tráfego”, analisa a gerente. A exposição para sazonalidade inicia-se, em média, com um mês de antecedência do período de início das aulas e a exposição total se dá no ápice do evento, com redução gradativa ao final da campanha, até a volta ao sortimento original.

 

< Anterior | Próxima >