Revista da Papelaria

Início » Notícias / Negócios » Momento de festejar, refletir e projetar

09/01/2018

   

Momento de festejar, refletir e projetar

Quem superou os desafios impostos por 2017 encerra o ano fortalecido

Grandes foram os aprendizados e superações de um ano tão incerto. A boa notícia é que 2017 termina com quadro razoavelmente bom para a economia, se comparado às incertezas do início. Mês a mês, não foram poucos os esforços para lidar com o novo comportamento dos consumidores, mais comedidos nas compras e priorizando objetos com menor valor agregado.


Afinal, valeu a pena?


É impossível negar que este foi um ano de baixas expectativas devido às crises política e econômica. No entanto, quem trabalha no setor varejista não pode se dar ao privilégio de achar que não há solução. “Aqui na Confetti resolvemos andar na contramão dessas expectativas e aceleramos a produção para termos estoques no prazo certo”, comenta Silvia Rettman, diretora de criação. Para ela, o começo do ano foi o momento mais delicado, pois eram muitas as dúvidas sobre qual caminho adotar. “Acertamos e estamos colhendo os frutos. Enfim, nossa expectativa era de crescimento e foi atingida”, ressalta a diretora da fabricante.


Mesmo com as previsões de dificuldades, houve quem se arriscou. “Em março, passamos por uma transição societária. Foi o momento em que tivemos que avaliar toda a situação da empresa, identificar os potenciais de melhorias, quebrar paradigmas e implantar a metodologia de trabalho da nova gestão, focando a otimização dos recursos e fortalecimento da marca”, revela Ricardo Dastler, diretor da Calac. Com expectativas superadas e resultados positivos em todos os setores da empresa, o crédito vai para, segundo Ricardo, o fruto de um trabalho com foco na melhoria contínua e vontade de crescer.


Superação e conquistas IMEX do Brasil também registrou importantes mudanças. “Assumimos a responsabilidade de importação e distribuição exclusiva das marcas Paper Mate, Sharpie, Parker e Waterman no Brasil. Sabíamos que o desafio era grande, mas conseguimos dar sequência ao trabalho que vinha sendo feito com as marcas no Brasil e só temos que comemorar os resultados até o momento”, salienta Eduardo Toledo Pereira, coordenador de trade marketing da empresa, que também fornece as linhas Dymo, Perfect Petzzz, Minipetzzz, Troppi, Grampeadores PaperPro, além de outros itens de escritório e organização.


Há, ainda, quem vá guardar apenas boas lembranças do ano que termina. “O ano foi muito bom para a Waleu e superou todas as expectativas. Com o país ainda em crise, nos surpreendemos com os resultados positivos que alcançamos. Graças ao trabalho que realizamos, a crise não nos afetou, e colhemos ótimos frutos e conquistas em 2017”, afirma Jéssica Borba, responsável pelo setor de marketing da fabricante de diversos itens na linha escolar, office e organização. “Com trabalho, dedicação e empenho de toda a equipe, tudo deu muito certo”, conclui.


Com o final de 2017 e a chegada de 2018, é preciso reservar algum momento para reflexão. O ano acaba, mas as experiências e conhecimentos adquiridos ao longo dele permanecem. O melhor é olhar para trás com o sentimento de dever cumprido e a confiança de que o melhor sempre está por vir.

 

< Anterior | Próxima >