CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Consumidor Mundo Digital

Aconchego entre os marcadores

Compartilhe

A professora Brenda Viana tem um perfil com quase 100 mil seguidores no Instagram e vive o aconchego da papelaria

De acordo com o dicionário Houaiss, a palavra aconchego pode ser definida como acolhimento, amparo físico jun- to a alguém ou algo; abraço. Para a professora de Língua Portuguesa e Literatura Brenda Via- na, 23 anos, é exatamente isso que a papelaria proporciona.

Apaixonada por papelaria desde a infância, ela criou um perfil no Instagram em fevereiro de 2018, quando encontrou um produto em promoção e teve vontade de divulgar para que mais pessoas também pudessem aproveitar a oportunidade.

A área de estudos da professora revela o destaque que ela dá aos produtos de papelaria em seu dia a dia. Como tem atuado também como digital influencer, Brenda recebe muito produtos das marcas. Depois de divulgá-los, ela faz doações dos “recebidos”.

“Eu achei um kit da Bic em promoção e quis compartilhar. Como no meu perfil pes- soal eu acreditava que ninguém ligaria muito, decidi fazer algo voltado para a papelaria em que eu seria livre para falar desse meu amor com pessoas que também compartilham disso”, lembra.

O perfil de Brenda é o @entreosmarcadores e o próprio nome já entrega qual é o produto de papelaria preferido dela. “Uso muito mar- ca-texto, porque leio muitas apostilas e gosto de ir marcando tudo que acho necessário. Em relação às marcas, ao menos nos marcadores, sou bem plural e diversificada”, conta.

Além de serem muito úteis no estudo e trabalho, o contraste entre as cores dos mar- ca-textos também ajuda na produção de fotos, já que, segundo Brenda, quanto mais colorida uma imagem for, mais atenção ela chama e, consequentemente, mais engajamento gera. “Os posts mais coloridos são os que chamam mais a atenção. Sempre identifico que fotos bem coloridas têm um engajamento surreal de bom”, avalia.

Visita a lojas

Um dos diferenciais do trabalho de Bren- da no Instagram é a visita a diversas lojas de Salvador-BA, cidade em que ela mora. Nas papelarias, ela faz fotos dos produtos e destaca tanto as novidades quanto os melhores preços e promoções – fator que ela considera primordial para gerar a vontade de entrar em uma loja.

“Honestamente, o que mais me chama a atenção é o valor. Se vejo uma promoção, já era, tenho que entrar”, ressalta Brenda, que também aponta a variedade de produtos como um fator importante.

Apesar de amar as lojas físicas e, em tempos normais, visitá-las com frequência, no momen- to atual, com a necessidade de isolamento social para o combate à pandemia do coronavírus, segundo ela, são as lojas on-line que têm feito a diferença.

“Adoro ir numa loja física tirar fotos e afins, mas são as lojas on-line que estão salvando no momento da pandemia, né?” Brenda Viana, professora de língua portuguesa e literatura

Embora siga como professora e consumido- ra assídua de itens de papelaria, principalmente canetas e marca-textos, o trabalho como digital influencer vem gerando muitos resultados para Brenda, que já fechou parcerias com diversas lojas e marcas.

“Adoro ir numa loja física
tirar fotos e afins, mas são
as lojas on-line que estão
salvando no momento da
pandemia, né?”
Brenda Viana, professora de língua portuguesa e literatura

Parcerias

As parcerias são acordos de permuta rea- lizados entre lojas e influenciadores em que são enviados produtos em troca da divulgação.

“Eu adoro todas as parcerias que fiz até aqui, acredito que elas são um estímulo real para quem está nesse meio e dedica tanto tempo para falar sobre. Criar um perfil desses e alimen- tar todos os dias requer uma atenção e é muito legal saber que tem quem acredite no que você faz, ao ponto de confiar sua marca/loja ao perfil. Acho incrível e até o momento tive apenas boas experiências”, conta.

Essas parcerias geram os famosos “rece- bidos”, momento em que os influenciadores fazem o unboxing (abrem as caixas) dos pro- dutos enviados pelas marcas e lojas, gravando vídeos que em geral são publicados nos storiesdo Instagram.

Como recebe muitos produtos, Brenda costuma doar os materiais que não utiliza com frequência ou os que já tem. Esses momentos são muito especiais, já que é a oportunidade que ela tem de gerar aconchego para outras pessoas.

“Um momento marcante foi a minha pri- meira doação de papelaria. Eu senti que levei a paixão para mais uma pessoa e foi algo muito fofo de acompanhar, de verdade”, relembra.

Dois anos e meio após iniciar a produção de conteúdo para o perfil @entreosmarcadores, Brenda já conta com quase 100 mil seguidores, que têm um perfil bem variado. “Vejo um pú- blico bem plural. São todas as idades, gêneros e todos unidos pela papelaria”, finaliza.