CARREGANDO

Escreva para pesquisar

E-commerce

Criando um site de vendas

Compartilhe

O desenvolvedor Wellington Fernandes listou os principais aspectos que o empresário deve levar em consideração no momento de criar um site para e-commerce

HOSPEDAGEM De forma simples, é onde o seu site está hospedado, o que significa que ele precisa sempre estar disponível para o usuário e com uma boa performance. Economizar em hospedagem pode causar a desistência de compra.

INTEGRAÇÕES Você precisa integrar facilmente meios de pagamentos, entregas e redes sociais. Oferecer opções diversificadas ao clien- te, dando a ele poder de escolha e facilidade de compra.

ADMINISTRADOR Essa é uma área bastante crucial. A loja precisa fornecer um painel no qual você consiga cadastrar de forma prática os seus produtos com fotos, detalhes, promoções, além de cupons de desconto. Essas informa- ções precisam ser claras e fáceis de trabalhar para que você consiga entender e evoluir na manutenção do conteúdo da sua loja.

SEGURANÇA A plataforma precisa ter segurança ao garantir que somente usuários que possuem acesso ao painel administrativo consigam acessá-lo, preservando, dessa forma, tanto a integridade dos dados dos seus clientes, principalmente em relação aos meios de paga- mentos, como dos dados pessoais informados quando do cadastro na sua loja.

DESIGN Trabalhar com e-commerce significa que temos que entender muito bem como nossos clientes pensam e agem na internet; é algo crucial para o sucesso de vendas. Opte por uma empresa que entenda bem sobre esse ponto e evolua de acordo com as mudanças de comportamento dos clientes. Mais do que um design bonito, ele deve ser usual, fácil e prático. Não adianta pensar em ideias mirabolantes se os usuários não estão acostumados com este contexto. Segundo Wellington Fernandes, “nunca devemos fazer nossos clientes pensa- rem mais do que precisam para concluir algo”. É obrigatório ter um e-commerce responsivo. É totalmente ultrapassada a ideia de criar um site ou loja apenas pensando em desktop.

MANUTENÇÃO É sempre bom pensar que a in- ternet está em constante evolução. Há uns anos, não existia praticamente nenhum acesso pelo celular, muito menos compra. Hoje, as buscas feitas pelos celulares no Google ultrapassam os 50%, afirma o desenvolvedor. Em termos práti- cos, significa que poderá haver mudanças que necessitem de manutenção, e é em razão disso que é válido ponderar a contratação de uma empresa que possua o produto “e-commerce” e o empreendedor opte por apenas criar sua loja. Este tipo de serviço disponibiliza todas as ferramentas de que o empresário precisa e ela tem o dever de se preocupar com todos esses pontos listados acima. Neste caso, o empreendedor terá uma loja com o nome da sua empresa, diferentemente do marketplace, em que você divulga dentro da plataforma de outra empresa.