CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Organização

Organização: Home office eficiente

Compartilhe

A rotina dos lares mudou. A organização ajuda na saúde do ambiente e de quem nele vive. O suporte dos itens de papelaria para essa tarefa é evidente e as pastas são a alternativa certa para administrar a papelada

É notório que o home office e sua organização ganhou popularidade durante a pandemia do coronavírus. Pessoas que nunca haviam experimentado trabalhar de casa tiveram que se adaptar a uma nova rotina. O termo até faz sentido, já que se refere a um cômodo da sua casa transformado em escritório, o que, na maior parte das vezes, não significa ter uma estrutura ou espaço reservado somente para as atividades profissionais.

Nas adaptações a essa nova rotina, os consumidores investiram na organização do ambiente e em objetos relacionados à pa- pelaria. E, conforme a demanda de produtos aumenta, o mercado deve se adaptar para a expansão da produção desses itens.

Dello, focada em materiais para organização de escritório, casa e ambientes escola- res, ampliou as opções relacionadas ao home office durante a pandemia. Nesse contexto, um item de destaque é a pasta aba elástico, que, segundo a empresa, atinge diversos públicos com seu leque de possibilidades de uso. A cartela de cores, prints, tamanhos e texturas prova que organização e tendência são inseparáveis nesse setor da papelaria.

A advogada de direitos autorais Patrícia Dahbar já trabalhava um período de casa, mas atualmente está 100% no esquema home office e, nesse caso, não pretende fazer o ca- minho de volta ao escritório comercial. “Em casa eu tenho a flexibilidade de horários, mas, por outro lado, devo ter uma maior disciplina na separação da vida pessoal e profissional, assim como na organização de papéis e documentos”.

Dahbar confessa ser uma aficionada por ordenação e afirma que o seu amor pelas pastas só cresce, assim como a sofisticação no critério de catalogação, que vai desde a diferenciação nas cores dos clientes a uma ordem cronológica de cada etapa do aten- dimento. “Sou a louca das pastas. Separo e organizo absolutamente tudo. Pode parecer exagerado para algumas pessoas, mas isso me poupa tempo e torna o meu ambiente de trabalho muito mais dinâmico. Já ga- nhei causas não só pelo meu know-howem advocacia, mas também por ser muito organizada com as documentações e arqui- vos, o que é de fundamental importância na atividade que exerço.”

Papelaria é aliada na organização

Carol Ferraz e Marie Kondo

Ex-bagunceira convicta e hoje consultora master do método Marie Kondo, Carol Ferraz dá dicas preciosas sobre o uso de pastas na organização. A profissional publica muitas dicas úteis no perfil @ondeeudeixei, no Instagram. Vale conferir para se inspirar em como artigos de papelaria podem ser aliados para um mundo mais organizado!

Carol Ferraz e Marie Kondo

O mercado oferece uma infinidade de modelos de pastas. Como identificar qual é a mais adequada para uma determinada necessidade ou uso?

Documentos de arquivo que se acessa muito, como imposto de renda, escritura da casa e contratos de trabalho, ficam muito bem em pastas catálogo. Documentos importantes e menores como: passaporte, carteira de trabalho e carteira de vacinação ficam ótimos em pastas A5 com elásticos. As pastas em L são versáteis e ideais para o home office. Você pode criar uma para atividades em andamento e outra para ati- vidades que ainda não começou, por exemplo.

As estampas da Dello com motivos variados deixam o ambiente mais moderno e divertido. Os destaques ficam com as linhas Serena e Mundo Geek. Há também o modelo Girl Power, que possui abas para fixar os documentos no interior da pasta e elástico para fechamento com terminação em plástico.

As pastas articuladas também ajudam bastante, principalmente se você tem impressora. Só cuidado para a parte de cima não virar um “apoio eterno” de papéis diversos. Pessoas que nascem com o chip da bagunça, como eu, tendem a apoiar coisas em qualquer superfície horizontal e aí não dá muito certo. O truque, nesse caso, é deixá-la sob uma prateleira, por exemplo, assim a pilha não consegue crescer

Pensando em crianças, pastas A3 e sanfonadas acomodam muito bem os desenhos e atividades escolares. Só busque um modelo que tenha as abas fixadas na baseou o papel pode escorregar e dar mais trabalho do que ajudar. Também gosto de colocar uma sempre com papéis em branco para desenho.

Por último, uso bastante a pasta A/Z para papéis que têm um acervo em constante mu- dança, como é o caso das receitas de culinária e exames médicos. Assim, você não precisa mudar toda organização, é só adicionar um novo saquinho na categoria certa.

Dividir assuntos por cor é uma boa ideia ou é melhor etiquetar?

Depende do volume de coisas em papel. Se estamos falando de um acervo de empresa – que geralmente é grande ou manipulado por mais de uma pessoa – eu aconselho o uso de etiquetas. Agora, para home office, com uma demanda menor, podemos usar cores e abrir mão das etiquetas.

O que você como ex-bagunceira convicta recomenda?

Vou dar uma dica que vai além do home office e serve para todo funcionamento da casa. Na área de entrada da casa crie uma caixinha de pendências. Lá você vai deixar tudo que precisa ser resolvido. Só que papéis amassam, então use uma pasta com elástico para deixar os que demandam sua ação, como a autorização do passeio da escola do filho, o pedido médico do exame que tem de marcar, contas que precisam ser pagas. Isso ajuda na organização da rotina e evita que esqueça aquele papel na bolsa ou em cima da mesa esperando uma ação.

A Polibras produz pastas sanfonadas em formato A4 que são ótimas para armazenar e consultar papéis com rapidez e segurança, possuem modelos com até 31 divisórias e são feitas com material resistente, ideais para uso diário.