CARREGANDO

Escreva para pesquisar

Produtos

Produtividade sem dor

Compartilhe

Produtos ergonômicos são utilizados para manter a postura correta durante o trabalho

Seja no escritório ou no home office, manter a postura correta durante o trabalho no computador é a melhor maneira de prevenir dores e, consequentemente, aumentar a produtividade. De acordo com dados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), a dor nas costas é a enfermidade que lidera a lista de doenças mais frequentes entre os auxílios-doença concedidos pela instituição, tendo chegado a 83,8 mil casos em 2017.

Para não entrar nessa estatística, é preciso tomar cuidados básicos com a postura durante toda a jornada de trabalho, mantendo pés, braços, coluna e pescoço apoiados de maneira correta. “Os pés precisam estar apoiados no chão, formando um ângulo de 90 graus. A cadeira tem que estar reta com espaço para apoiar os braços, o antebraço precisa estar apoiado na mesa, e a tela do computador deve ficar na altura dos olhos”, explica Carla Gutschov, fisioterapeuta do Hospital São Paulo.

O uso de suportes ergonômicos pode ser a chave para adequar a mesa de trabalho e seguir todas as dicas da especialista. Os suportes para notebook ou monitor ajudam a deixar a tela na altura dos olhos, e o apoio para os pés evita a sobrecarga na cervical. “Os pés não podem ficar balançando, porque a pessoa vai acabar cansando e escorregando na cadeira para colocar os pés no chão. Os suportes ergonômicos ajudam na postura do funcionário e, dessa forma, a deixá-lo mais saudável, já que, a partir do momento em que ele está com dor, a produtividade não será a mesma”, ressalta Carla.

A RoadRunner Engenharia, de Jacareí/SP, já se deu conta disso, tanto que colocou à disposição dos funcionários apoios para o braço e para os pés, como conta Thamara Turri, engenheira civil. “Eu uso os suportes ergonômicos porque a empresa preza por isso e quer que todos usem. Sinto mais conforto, principalmente em relação à altura do monitor. Sem o apoio, o meu pescoço ficava para baixo, era desconfortável e ficava dolorido”, conta.

O suporte para monitor e notebook da Waleu tem design pensado tanto para apoiar os equipamentos quanto para a organização de outros acessórios. Como diferencial, o produto possui um local perfeito para smartphone, posicionando-o de uma forma que é possível utilizar o aparelho no local onde está situado. O apoio para os pés é ideal para auxiliar na correção da postura. Oferece conforto para os pés e pernas, prevenindo varizes, formigamento e inchaços indesejados. Possui superfície antiderrapante e pés emborrachados para melhor fixação no local.

Os suportes para monitor da Souza e Cia ajudam a melhorar a ergonomia minimizando os problemas de postura, auxiliam na organização da área de trabalho e estão disponíveis em modelos com duas ou três gavetas. O apoio ergonômico para os pés da marca é fabricado em madeira, auxilia no ajuste da altura e pode ser encontrado em diversas cores.

O suporte de mesa para dois monitores da Kensington, distribuídos no Brasil com exclusividade, pela Tilibra permite que o usuário ajuste altura, profundidade e ângulos adequados, possibilitando a fácil alternância entre as posições de retrato e paisagem.
O apoio para pulso em gel da Kensington, age na prevenção e lesões por esforço repetitivo e ainda garante o conforto perfeito do punho durante o uso. O design é moderno e ergonômico, desenvolvido em forma de curvas.

Além de ajudar a manter a tela na altura dos olhos, o suporte para monitor modular da Stalo possui nichos simples, duplos ou triplos (dependendo do modelo) que ajudam na organização de papéis sobre a mesa de trabalho. O apoio ergonômico com regulagem de altura da Stalo é fabricado em madeira e funciona de maneira ergonômica, com três níveis de altura.

O mouse vertical é uma novidade da Multilaser, que será lançada em janeiro de 2020. O produto tem design ergonômico, que mantém o pulso em posição natural, prevenindo lesões por esforço repetitivo. Já o apoio de pulso para teclado é produzido em gel, supermacio e com altura ideal para minimizar a fadiga causada pelo esforço repetitivo.